Maomé, o amigo de Satanás

islamismo

De acordo com as fontes mais confiáveis ​​do Islã, Maomé foi vítima de um feitiço mágico, que lhe deu pensamentos delirantes e falsas crenças. Considere dois hadith:

“Aisha narrou: ‘Uma vez que o Profeta foi enfeitiçado para que ele começasse a imaginar que ele tinha feito uma coisa que, na verdade, ele não tinha feito.’” (Sahih Al-Bukhari 3175)

“Aisha narrou: ‘a magia foi trabalhada no apóstolo de Deus, de modo que ele pensou que tinha tido relações sexuais com suas esposas enquanto ele realmente não tinha. Então, um dia, ele disse: ‘Ó Aisha, você sabe que Allah nos instruiu sobre o assunto que eu perguntei sobre ele? Dois homens vieram até mim e um deles se sentou perto da minha cabeça e o outro sentou-se perto dos meus pés. O [que estava perto] da minha cabeça perguntou ao outro: ‘O que há de errado com esse homem [Maomé]?’ O último respondeu: ‘Ele está sob o efeito da magia’. O primeiro perguntou: ‘Quem trabalhou magia com ele?’ O outro respondeu: ‘Labid bin Al-Asam, um homem de Bani Zuraiq, um aliado dos judeus e um hipócrita’. O primeiro perguntou: ‘Qual material ele usou?’ O outro respondeu: ‘Um pente e os cabelos presos.’” (Sahih Al-Bukhari 5765)

Além do problema mais óbvio para os muçulmanos (ou seja, como alguém pode confiar plenamente em um homem que foi controlado por um feitiço mágico), há uma dificuldade mais profunda: De acordo com o Alcorão 2:102, a magia vem dos demônios. De acordo com o Alcorão 16: 98-100, Satanás não tem poder sobre aqueles que “creem e confiam em seu Senhor”, mas apenas sobre aqueles “que se fazem amigo dele [de Satanás] e aqueles que atribuem parceiros a Ele [Allah]”.

Então, se Satanás só tem poder sobre aqueles que são seus amigos e cometem pecado, e a magia negra é poder demoníaco sobre os seres humanos, e Maomé foi vítima de magia negra, então Maomé, de acordo com o Alcorão, deve ter sido amigo de Satanás e cometeu pecado!