O deus mentiroso do Islamismo

enganacao

O Alcorão diz que “Allah é o melhor dos enganadores” (Alcorão 3:54; 8:30). A palavra árabe usada aqui para o planejar (ou tramar) é makara, que significa literalmente ‘enganar’. Outras referências sobre os esquemas de conspiração e enganação de Allah são: Alcorão 27:50; 13:42; 86:15-16;

A Bíblia diz que “Deus não é homem para que minta” (Números 23:19), “Deus não mente” (Tito 1:2) e “é impossível que Deus minta” (Hebreus 6:18); Paulo aconselhou os irmãos  a não mentirem: “Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo” (Efésios 4:25); “Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador” (Colossenses 3:9-10). Jesus disse que o diabo é “pai da mentira” (João 8:44); todos aqueles que mentem são filhos do diabo.

Um deus enganador é merecedor de confiança? Como saber quando ele está falando a verdade e quando está mentindo? O deus do Islamismo é imprevisível.

Já no Cristianismo, temos um Deus que sempre diz a verdade. Ele nunca mentiu ou mentirá. Esse sim é um Deus digno de confiança!